dizem por aí > imprensa

Entrevista de André Branco ao Jornal Mandala


A conscientização de que uma alimentação saudável é sinônimo de qualidade de vida é cada vez maior. No entanto, a ingestão de saladas, frutas e legumes é um investimento de tempo – a correria do dia-a-dia faz com que um pão de queijo ou um sanduíche seja mais facilmente inserido na rotina. Foi pensando nesse cenário que o engenheiro químico, consultor e empresário André Branco, de 28 anos, teve uma idéia: criar um serviço de suco vivo por assinatura. Assim, nasceu o esperanzza.

Como surgiu a idéia de produzir o suco vivo?
Sou adepto do suco vivo já há muitos anos. Passei a perceber que muitas pessoas simplesmente não têm paciência ou tempo de fazer o próprio o suco, e que seria ótimo se houvesse um serviço profissional em que a gente recebesse o suco fresquinho em casa.

Como é feito o suco vivo e quais são seus benefícios?
Extraímos o líquido de maçãs, folhas, raízes, grama de trigo e grãos germinados, todos crus para manter o máximo de nutrientes. É 100% natural, sem adição de água, açúcar ou adoçante. Podemos resumir os benefícios em três pontos: o suco é altamente nutritivo; aumenta a energia e a performance física sem engordar; e previne doenças e retarda o envelhecimento. Em nosso site, explicamos cada um desses benefícios com referências de dezenas de estudos científicos nacionais e internacionais. De Hipócrates à Organização Mundial de Saúde, qualquer órgão ou profissional de saúde sério recomenda o consumo freqüente dos ingredientes que usamos no suco vivo.

Qualquer um pode tomar o suco, ou existem restrições?
Desconheço restrições. O suco pode ser consumido por pessoas de qualquer idade e faixa etária. Já vi desde bebês tomando o suco até senhoras idosas com sérios problemas gastrointestinais ou de imunidade que disseram que o consumo diário melhorou significativamente o quadro clínico delas. Diabéticos costumam se adaptar bem, porque o suco tem baixo índice glicêmico e a frutose presente é muito mais tolerada do que o açúcar comum.

As pessoas hoje em dia mantêm uma alimentação ruim por falta de tempo?
As pessoas se alimentam muito mal e falta informação. Uma pesquisa recente de cientistas da USP mostrou que cerca de 90% da população brasileira ingere uma quantidade de vitaminas, minerais e oligoelementos inferior ao recomendado. Segundo o Banco Mundial, a fome oculta é o maior problema nutricional do mundo atualmente.

Como funciona esse sistema de assinatura?
É simples. Você paga um valor fixo mensal de R$ 165,00 e passa a receber o volume diário de 300ml de suco de segunda a sexta pela manhã. A entrega é feita na portaria da residência ou do escritório da pessoa.

E não perde as propriedades, não tem que ser tomado na hora?
”Paira no ar” um mito de que se o suco não for tomado em quinze minutos não vai ter mais nutriente nenhum ali. É um exagero. Como engenheiro químico sou categórico: com o processo do esperanzza, as perdas são desprezíveis. Assim que é feito, nosso suco é colocado nas garrafas para envio, que são preenchidas até a boca para retirada do ar. Dali, são transportadas resfriadas até o cliente. Na ausência de oxigênio e calor a oxidação não ocorre, e o sabor e os nutrientes do suco são conservados por muito tempo.

Como diretor executivo do esperanzza, qual é o seu grande desafio?
Como disse a antropóloga americana Margaret Mead, “é mais fácil mudar a religião de uma pessoa do que mudar seus hábitos alimentares.” Nosso desafio é mostrar às pessoas que é possível ter mais saúde e energia com o máximo de conveniência.

Fonte: Jornal Mandala, out.07